Bea – Uma estagiária Galeuropa en Lisboa

Olá!
O meu nome é Bea, tenho vinte e quatro anos e sou de Ourense (Galiza, Espanha),  terra vizinha do Rio Minho. Atualmente, estou a realizar um estágio profissional em Lisboa, através do Projeto Galeuropa 2016 ao abrigo do Clube Internacional Europeu.

o-meu-nome-e

Há uns meses terminei os meus estudos universitários, após de tirar uma licenciatura e um mestrado em Psicologia, tendo vivido em Santiago de Compostela, uma das minhas cidades mais queridas. Com o fim da universidade, iniciava-se outra etapa, porém, por onde começar?. Não tinha a mínima ideia. A unica certeza que tinha era que desejava evoluir ao nível profissional e pessoal, e aprender aquelas coisas que não estão nos livros. Assim, citando palavras de Fernando Pessoa que tanto admiro, “é o tempo da viagem”, e literalmente, viajei até à linda Lisboa através do projeto Galeuropa para satisfazer as minhas vontades.

ha-ums-meses-rematei

O meu gosto por a psicologia, em especialmente pela doença mental, nasce do meu gosto pelas histórias das pessoas e a missão social em dar valor às mesmas. Por isso, os meus passatempos estam um bocadinho relacionados com tudo o que é resultado duma história de vida: a literatura, a música, a História, … Gosto de tudo aquilo que satisfaça a minha curiosidade ( às vezes tediosa, mas bem intencionada) sobre o mundo em geral.

Senzanome.png

O meu estágio em Lisboa está a realizar-se no projeto de Formação Artística em Mobilidade (FARMOB), da Junta da Freguesia da Ajuda, e na Fundação Liga. Em ambos desenvolvem-se diversas actividades artísticas e terapêuticas com o objectivo da inclusão social e de garantir o bem-estar psicológico das pessoas com diversidade funcional, doença mental e seniores. As minhas tarefas são diversas, desde dar apoio em atividades como a musicoterapia, a dança terapia e a terapia ocupacional, até dinamizar sessões orientadas à expressão emocional, as relaciões sociais e de estimulação cognitiva.  No decorrer destes projetos, eu posso desenvolver os meus conhecimentos, ver formas de trabalho validas e aprender imenso da essencia dos lisboetas.

Posso dizer com certeza de que “quem não viu Lisboa, não viu coisa boa”, mas também que, Lisboa não é uma, senão muitas de cada vez. Entre as suas sete colinas, as escorregadias calçadas e os prédios coloridos e com azulejos, a cidade guarda milhões de histórias de diferentes pontos do planeta, de diferentes tempos e que convivem enriquecendo-se mutuamente. É essa diversidade que se pode ouvir na música de rua, ver nos graffiti e saborear nos cafés, é o que mais gosto de Lisboa.

posso-dizer

Estar a estagiar num projeto, morar em Lisboa e poder viver o dia a dia da vida portuguesa está a ser para mim uma experiência muito enriquecedora. Espero de Lisboa e das suas gentes que me consigam conquistar. Para o futuro, faço minha a famosa frase de Pessoa “quem tem alma, não tem calma”.

estar-a-estagiar-num-projeto

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s