Cristina, no Sementes a Crescer com a Galeuropa

Bom dia!

Chamo-me Cristina, tenho 25 anos e venho da Galiza que se encontra no norte de Espanha. Estou em estagio num projeto Escolhas chamado Sementes a Crescer, com uma bolsa de estágio Galeuropa oferecida pela a Junta de Galiza.

photo-1

Há uns anos tirei a licenciatura de Assistente Social e estava à procura de trabalho já a  algum tempo. Por não conseguir encontrar emprego fiquei pouco desorientada, mas surgiu a oportunidade em fazer um estágio internacional. Assim, aproveitei esta oportunidade e parti para fazer um estagio noutro país.
Depois de ser selecionada, comecei a minha aventura pela linda Lisboa, junto dos meus companheiros da Galeuropa.
Comecei o meu estagio numa terça feira nos Sementes e do que me lembro, com quase exatidão, pensava que iria perceber tudo o que me diziam, afinal a minha compreensão não era muito boa e agora penso no bem em que me aceitaram e como tiveram muita paciência comigo.
É um projeto que tem uma relação muito proxima com as pessoas e participantes do projeto. O projeto procura a inserção dos jovens do bairro, fornece ajuda e apoio psicossocial, presta apoio nos trabalhos de casa e na iniciação à informática. Nele trabalha-se o respeito pelos outros e a integração social dos jovens do bairro.

photo-4

Para a minha profissão como Assistente Social é muito positivo e é uma maneira muito diferente de trabalhar em comparação com Espanha. A minha pequena experiência profissional mostrou-me que é muito diferente pois lá é tudo burocratizado.
Quanto a mim, decidi estudar para tirar a licenciatura em Assistência Social, porque gosto da finalidade da profissão, a ajuda das pessoas.
Decidi escolher Lisboa para fazer o estágio porque acho que é uma cidade muito linda e com muitas coisas para fazer, desde ir visitar monumentos como a Igreja do Carmo ou o Cristo Rei com viajem de barco incluida, até passear pelos bairros únicos que se podem encontrar em Lisboa dando o exemplo do Bairro de Alfama ou do Bairro da Moureria, com ruas por onde podes andar durante horas e perder-te por entre elas.

photo-2

Por conseguinte, em relação ao futuro, gostaria de procurar um trabalho na área em que estudei e trabalhar em qualquer lugar no qual possa aprender coisas e ajudar as pessoas, como o projeto em que estou a fazer estagiar.
Gosto muito do projeto em que estou a fazer o estágio, já que a população a que está dirigida é a que me sinto mais à vontade, está dirigida a jovens e a mulheres, e tenta melhorar a sua vida e a inserção das pessoas do bairro com o resto da comunidade. É desde um ponto muito geral com o qual se consegue aprefundar algumas questões especificas, e se consegue ampliar a atenção mais especifica em áreas nas quais não são em teoria sua função. Oferece-se uma atenção individualizada.

photo-5

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s