O Clube Intercultural Europeu é uma das organizações envolvidas nos “EEA e Norway Grants – Fundo para a Empregabilidade Jovem”.  Assim, no âmbito deste fundo o Clube foi selecionado para  o projeto “Blue Generation” que arrancou em junho 2018 financiado pelos países Islândia, Liechenstein e Noruega.

O projeto Blue Generation
O objetivo do projeto “Blue Generation” é o de inspirar e engajar jovens entre 15 e 29 anos, que são NEETs (Não em Emprego, Educação ou Treino)ou em risco de se tornar NEETs, para considerar e procurar uma carreira sustentável e novas oportunidades numa  das áreas de crescimento da Economia Azul: turismo costeiro, aquacultura, energia oceânica, biotecnologia marinha e transporte marítimo. Prevê-se alcançar até 39.000 jovens nos 5 países beneficiários com as atividades promocionais e converter pelo menos 2.000 deles em emprego ou formação na Economia Azul.

O projeto terá lugar entre 2018-2022 com 10 parceiros, que são divididos em dois grupos, os Parceiros Beneficiários (organizações que trabalham diretamente com jovens, jovens desempregados e NEETs e os Parceiros Especialistas (estas 5 organizações representam diferentes sub-sectores da Economia Azul). Estes últimos consultarão e apoiarão os Parceiros Beneficiários em questões de oportunidades, opções de carreira, requisitos de formação e ligações com os empregadores na Economia Azul. O projecto Blue Generation é coordenado pela Militos Consulting S.A. (Grécia) e Sea Teach (Espanha)️ e tem um orçamento global de 1.7 1.781.137,00€.

Neste contexto, o Clube conta com uma nova colaboradora apaixonada pelo mar, com formação em Biologia Marinha que terá a figura de mentora/especialista na área da economia azul. Todos os mentores terão oportunidade de frequentar em setembro a “UGent Blue Growth Summer School” na Universidade de Ghent, an Bélgica. No projeto Blue Generation há 2 instituições portuguesas no consórcio, neste caso o Clube e a Contextos – Cooperativa para o Desenvolvimento e Coesão Social CRL de Faro.

39913574_1842533202497592_2702224639018401792_o
Fonte: EEA Grants and Norway Grants, Fund for Youth Employment

A Economia Azul
A procura de emprego na Economia Azul deverá duplicar até 2030, os jovens não estão a ser atraídos para as carreiras marítimas (SWD da Comissão Europeia (2017) 130) e as empresas marítimas não conseguem encontrar a força de trabalho, competências e perfis necessários.

A Economia Azul Europeia, atualmente representando cerca de 5,4 milhões de empregos, deverá dobrar seu emprego até 2030. Seu problema é que os jovens não estão a ser atraídos para carreiras marítimas e as empresas não conseguem encontrar a força de trabalho necessária, habilidades e perfis (Comissão Europeia SWD 2017). Ao mesmo tempo, a UE tem cerca de 14 milhões de jovens que têm entre 15 e 29 anos e outros milhões que correm o risco de se tornar NEET através do abandono escolar precoce, dificuldades em entrar no mercado de trabalho ou problemas pessoais.

Mais informação sobre os EEA and Norway Grants
Os “EEA Grants e os Norway Grants” representam o contributo da Islândia, do Liechtenstein e da Noruega para reduzir as disparidades económicas e sociais e para reforçar as relações bilaterais com 15 países da UE na Europa Central e do Sul e nos países bálticos. Com o novo “EEA e Norway Grants – Fundo para a Empregabilidade Jovem” a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega pretendem apoiar medidas que promovam o emprego dos jovens em toda a Europa.

https://eeagrants.org/fundforyouthemployment

Anúncios