Formação em Organização Comunitária

Formação em Animação Territorial e Organização Comunitária com novas datas! A primeira sessão já decorreu mas ainda podem participar nas três outras sessões. Não se vão arrepender! é gratuito e bem interessante 😉 Para se inscrever basta enviarem um mail para o Projecto D’Ajuda ou dizerem nos algo por aqui. Com Energia BIP/ZIP Até já!‪#‎projectodajuda‬ ‪#‎energiabipzip‬13119126_576836505818874_3975937895784941709_n

Projeto d’Ajuda parte de ti

Vencedor do programa municipal BIP/ZIP 2015 Lisboa, O “Projeto D’Ajuda”, surge na sequência do trabalho realizado no projeto “ 2 de Maio todos os dias” e de uma aglutinação de vontades na freguesia da Ajuda em promover e qualificar o território de modo a melhorar a qualidade de vida das comunidades.

Promovido pela Associação LOCALS, pela AASPS (Associação de Apoio e Segurança Psíco-Social) e pelo CIE (Clube Intercultural Europeu) este Projecto conta com uma alargada rede de parceiros, transversal aos vários sectores da sociedade civil portuguesa.

O “Projecto D’Ajuda” tem como objetivos a promoção do desenvolvimento local, a estimulação da participação pública e a melhoria da qualidade de vida das comunidades, promovendo as migrações entre bairros de modo a fomentar a inclusão socio-espacial.

Pretende-se mitigar a taxa de desocupação da freguesia, potenciando-se conhecimentos, produtos e valências da comunidade de forma a estimular a economia local incentivando atividades empreendedoras que ajudem a revitalizar o comércio local.

São 5 as atividades que promovem a valorização dos recursos locais e das suas “gentes” com base numa relação de pertença ao território de que fazem parte:
1. Equipa Ambulatória Local: Grupo de trabalho de proximidade com a população. Estimulo à participação local através do contacto diário. Assenta na auscultação, reconhecimento, diagnóstico e intervenção, como estímulo de processos de auto-organização.

2. Criação da Marca Social D’Ajuda: Definir uma imagem coletiva, reconhecida pela população, que reforce a pertença a um território culturalmente rico. Uma marca social na qual sejam espelhadas as dinâmicas locais e valorizados os recursos existentes.

3. Dinamização de Espaços Públicos: A revitalização do espaço público fomenta o encontro e a coesão social, gera atratividade, promovendo o comércio local. Dinamizando economicamente, socialmente e ambientalmente a freguesia.

4. Espaços comunitários e Formação: Facilitar o acesso aos espaços de debate e de trabalho coletivo a todos os interessados. Incentivo ao associativismo e cooperativismo promovendo a formação com base nas temáticas gerais de desenvolvimento local.

5. Observatório Local: Criar uma plataforma que tenha a seu cargo a recolha e atualização sistemática da informação, disponível a toda a população, sobre as dinâmicas e lógicas evolutivas do território. Esta ferramenta permite conhecer o território em tempo real cruzando dados quantitativos com qualitativos, acionando micro ações de melhorias de espaço.

Programa Bip/Zip 2015

No dia 16 de Outubro (sexta-feira), no Salão Nobre dos Paços do Concelho em Lisboa, teve lugar a assinatura do Protocolo com a Câmara de Lisboa, no âmbito do Programa Bip/Zip 2015, que tornará possível o Projeto D’Ajuda, em que os promotores são a AASPS, a LOCALS e o CLUBE INTERCULTURAL EUROPEU, contando ainda com uma vasta rede de parceiros locais.

27